Fundamentações de Abril

▶ DOSSIER FUNDAMENTAÇÕES DE ABRIL

Reconstituição das 24 horas do dia 25 de Abril de 1974, através dos depoimentos de:

ADELINO GOMES
Jornalista português, acompanhou os acontecimentos do 25 de Abril na primeira pessoa. De microfone na mão, pintou radiofonicamente todo o cenário das ruas de Lisboa. Durante 9 horas de reportagem, cria o momento mais marcante da História da Rádio em Portugal.

JOAQUIM FURTADO
Jornalista português, encontrava-se ao serviço do Rádio Clube Português em 1974. Surpreendido pela presença dos militares, de imediato assumiu a responsabilidade de ler o primeiro comunicado do MFA.

CORONEL OTELO SARAIVA DE CARVALHO*
Considerado o “maestro” da Revolução, Coronel Otelo Saraiva de Carvalho comandou todas as operações. Permaneceu mais de 24 horas no Posto de Comando da Pontinha, local a partir do qual tomou as decisões mais importantes do dia 25.

TERESA PERDIGÃO
Antropóloga caldense, Teresa Perdigão vivia em Lisboa no ano de 1974. Devido à sua consciência política, estava receosa sobre o que poderia acontecer. Ainda assim, teve a oportunidade de testemunhar alegremente os acontecimentos do 25 de Abril, junto da população.

*No dia da entrevista, a sua patente era ainda de Tenente Coronel.

< voltar à homepage